Oficina de tapetes é realizada para procissão de Corpus Christi

9 de maio de 2018

Fotos: Danielle Pereira

Na manhã da última sexta-feira, 04, foi realizada na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), uma oficina especial com alunos da rede municipal de ensino, ministrada pelo artista plástico, Jorge Luiz Barros. A iniciativa, que tem o objetivo de despertar o interesse da comunidade e manter viva a manifestação dessa arte popular, também conta com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult).

Este ano, a cidade de São Cristóvão terá aproximadamente 1.200 metros de tapetes, num total de nove ruas adornadas: Praça Getúlio Vargas (Matriz), Praça do Carmo, Rua das Flores, Rua Leão Magno, Almirante Amintas Jorge, Largo da Igreja do Rosário, Rua Rosário, Rua Coronel Erundino Prado, Praça São Francisco e Rua Ivo do Prado. As quadras serão enfeitadas por grupos formados por alunos, membros das igrejas, grupos religiosos e comunidade. A confecção começa 5h da manhã do dia 31 e deve durar o dia inteiro. A SMTT irá alterar o tráfego em algumas vias, facilitando assim o acesso dos moradores e turistas.

Tradição

Com origem no século 13, a confecção dos tapetes de Corpus Christi ocorre cerca de 60 dias depois da Páscoa e celebra a Eucaristia, um dos sacramentos da Igreja Católica, que representa a transmutação do pão e do vinho no corpo e no sangue de Jesus. A data é sempre comemorada numa quinta-feira em alusão à “Quinta-feira Santa”, quando a Igreja diz ter tido início a instituição deste sacramento na última ceia de Jesus.




2016 SECULT - Secretaria de Estado da Cultura.
Rua Vila Cristina, 1051 - São José - Aracaju/Se
CEP:49020-150
(79) 3198-7800