Secult participa da 4ª edição da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI)

22 de Maio de 2018

Fotos: DPHAC/Secult

A 4ª etapa da Fiscalização Preventiva Integrada/FPI, que busca identificar, fiscalizar e diagnosticar, os danos ambientais, observar o estado de conservação do Rio São Francisco, em defesa do mesmo e de suas populações ribeirinhas, foi realizada de 06 a 18 de maio, nos municípios de Aquidabã, Capela, Cedro de São João, Graccho Cardoso, Japaratuba, Japoatã, Malhada dos Bois, Muribeca e São Francisco, com sede na cidade de Nossa Senhora da Glória.

A ação é coordenada pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal, junto com o Comitê Gestor da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco e com a presença da Secretaria de Estado da Cultura, através do Diretor do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural/DPHAC, Marcos Paulo Carvalho Lima, que integra o grupo Patrimônio Cultural e Comunidades Tradicionais.

Além dos municípios, a equipe visitou sete comunidades quilombolas, como a Pirangi, Terra Dura e Coqueiral, Ladeiras, Mocambo, Patioba, Caraíbas e Canta Galoa. Segundo Marcos Paulo, que coordenou o grupo, “trabalhamos com dois formulários: o Formulário Gestão Cultural Local nas oito cidades contempladas pela FPI, esse ano, onde identificamos e registramos fotograficamente imóveis de interesse cultural para os municípios, exemplares com traços em estilo eclético e art’déco em sua maioria”, informou.

Foi constatado pela equipe, um Patrimônio Natural, no município de Malhada dos Bois, A Pedra das Almas. O outro formulário trabalhado pela equipe foi aplicado nas comunidades quilombolas, onde foi catalogada diversas festas e manifestações consideradas tradicionais para as comunidades, como também, foi realizado cadastros das famílias.

Além da Secult a equipe é composta pelo Instituto de Colonização e Reforma Agrária/INCRA, Fundação Cultural Palmares/FCP e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/IPHAN, com o apoio da Polícia Militar através do Batalhão de Choque.

As equipes que compõem a FPI, são: Saneamento I e II, Abate Clandestino, Aquicultura, Agrotóxicos, Aquática, Espeleologia, Arqueologia e Paleontologia, Fauna, Flora, Gestão Ambiental I e II, Mineração, Patrimônio Cultural e Comunidades Tradicionais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 




2016 SECULT - Secretaria de Estado da Cultura.
Rua Vila Cristina, 1051 - São José - Aracaju/Se
CEP:49020-150
(79) 3198-7800